Presidente de Mianmar irá à assembleia geral da ONU

O presidente de Mianmar, Thein Sein, deve ir aos Estados Unidos nesta segunda-feira para uma visita que coincide com a viagem da líder da oposição do país, Aung San Suu Kyi.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2012 | 21h13

Thein Sein irá para a Assembleia Geral das Nações Unidas e deve revelar planos de desenvolvimento durante sua primeira visita aos EUA desde que chegou ao poder, no ano passado. "O presidente estará presente na Assembleia Geral da ONU e fará um discurso lá", disse Zaw Htay, representante do gabinete presidencial.

O ex-general, que na semana passada libertou dezenas de presos políticos, terá de dividir holofotes com Suu Kyi, que foi recebida com aplausos nos EUA e começou a lutar pela democracia há mais de duas décadas.

Ganhadora do Prêmio Nobel e da Medalha de Ouro do Congresso dos EUA, uma honraria civil, ela conheceu o presidente Barack Obama, na Casa Branca, quando chegou ao país, na semana passada.

Oficiais norte-americanos estão tendo cuidado para garantir que a visita dela não ofusque a de Thein Sein, que tem crédito pelas mudanças recentes ocorridas no país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MianmarEUAONUThein SeinSuu Kyi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.