Presidente de Timor Leste sai do coma e conversa com família

O presidente de Timor Leste, JoséRamos-Horta, saiu do estado de coma induzido em que estavadesde que foi baleado há 10 dias, seguindo-se a uma tentativade assassinato. Ele já conversou com sua família em um hospitalda Austrália. "Os médicos estão satisfeitos com o progresso dele", disseà Reuters na quinta-feira uma porta-voz do Hospital Real deDarwin. Ramos-Horta, vencedor do Nobel da Paz, ficou gravementeferido após ser baleado em sua casa em Dili na semana passada,em um ataque de soldados rebeldes. O primeiro-ministro XananaGusmão conseguiu escapar ileso de uma outra tentativa deassassinato no mesmo dia. Acredita-se que os dois ataques foram realizados porseguidores do líder rebelde Alfredo Reinado, morto durante aofensiva contra Ramos-Horta, de 58 anos. Funcionários do hospital em Darwin não puderam dizer quandoo presidente terá alta ou se sofrerá novas cirurgias.

REUTERS

21 de fevereiro de 2008 | 07h46

Tudo o que sabemos sobre:
TIMORHORTAFALA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.