Presidente deposto do Quirguistão deixa o Cazaquistão, diz porta-voz

Autoridades ainda não sabem para onde Bakiyev e sua família se dirigiram

EFE

19 de abril de 2010 | 08h34

MOSCOU - O presidente deposto do Quirguistão,  Kurmanbek Bakiyev, deixou o Casaquistão, declarou nesta segunda-feira, 19, o porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores casaque, Askar Abdrajmanov.

 

"Pelo que eu sei, Bakiyev deixou o território do Casaquistão", disse o porta-voz da diplomacia do país, segundo a agência russa "Interfax", na capital Astana.

 

Abdrajmanov disse que as autoridades do Casaquistão não sabem para onde se dirigiu o chefe de Estado deposto.

 

Ontem, o presidente da Bielo-Rússia, Aleksandr Lukashenko, declarou a disposição de seu país de receber Bakiyev.

 

O ex-presidente deposto do Quirguistão fugiu de seu país na semana passada com a ajuda dos serviços secretos casaques.

 

O que o porta-voz soube informar é que Bakiyev "seguramente" deixou o Casaquistão acompanhado de sua esposa e dois de seus filhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.