Presidente deve obter 3.º mandato

O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, no poder desde 1999, deve conquistar com facilidade seu terceiro mandato nas eleições de ontem. Em meio ao clima de tensão por causa da ameaça de grupos radicais, uma bomba foi detonada ontem em um colégio eleitoral no leste da capital, Argel, ferindo dois policiais. Mas, ao contrário do que previam analistas, o comparecimento às urnas foi alto (74%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.