Presidente do Egito anula dissolução do Parlamento

Mursi publicou um decreto presidencial anulando a decisão tomada em 15 de junho

PAULA MOURA, Agência Estado

08 de julho de 2012 | 12h19

CAIRO - O novo presidente do Egito, Mohamed Morsi, emitiu um decreto neste domingo, 8, anulando a dissolução do Parlamento, de maioria islâmica, informou a agência de notícias estatal MENA.

"O presidente Mursi publicou um decreto presidencial anulando a decisão tomada em 15 de junho para dissolver a assembleia do povo e convida a câmara a convocar novamente e exercer suas prerrogativas", disse a agência.

As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Primavera ÁrabeEgitoparlamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.