Presidente do Egito vai anunciar alterações no gabinete

Cairo, 20 (AE) - O presidente do Egito, Mohamed Morsi, vai anunciar alterações em seu gabinete, informou um funcionário do palácio presidencial neste sábado, mas não deve atender às demandas da oposição, que quer uma completa reformulação do governo.

Agência Estado

20 de abril de 2013 | 15h01

"Uma mudança ministerial e uma mudança nos governos. A responsabilidade irá para aqueles que estão mais qualificados", escreveu o próprio Morsi no Twitter. Um funcionário do governo confirmou que o presidente está na "iminência de anunciar as mudanças.

Direitos humanos

Ativistas de direitos humanos, dentre eles membros de uma comissão de alto nível que divulgou um relatório detalhando abusos e atrocidades cometidos pelas forças de segurança desde o levante de 2011, acusam o presidente egípcio de ignorar suas descobertas.

A comissão de averiguação, que foi criada por Morsi, analisou 21 incidentes de assassinato de manifestantes, tortura, desaparecimentos e outras violações desde o início da revolta que derrubou o ex-presidente Hosni Mubarak.

A comissão apresentou seu relatório para Morsi em janeiro. Algumas conclusões que vazaram para a mídia indicavam o uso excessivo da forças pela política e Exército egípcios.

O grupo disse neste sábado que Morsi não responsabilizou os culpados e que, em vez disso, consolidou o poder dos criminosos.

Tudo o que sabemos sobre:
egitopolíticamudanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.