Presidente do Equador vê preço do petróleo alto por 5 a 6 anos

O presidente equatoriano Rafael Correadisse no sábado que os altos preços do petróleo se manterão poruns cinco ou seis anos, devido a uma crescente demanda daChina. "Os preços continuarão altos por uns cinco ou seis anospela alta demanda de países como a China", disse Correa, queparticipa da 17a Cúpula Ibero-Americana, na capital chilena. Com uma produção de 500.000 barris por dia, o Equador foiconvidado à cúpula que a Organização dos Países Exportadores dePetróleo (Opep) realiza semana que vem, na Arábia Saudita, ondeautoridades governamentais esperam que se aprove a petição deQuito de regressar ao grupo que abandonou em 1992.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.