Presidente do Iêmen deve deixar hospital em breve, diz fonte

O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, receberá alta em breve de um hospital na Arábia Saudita onde tem se recuperado de ferimentos sofridos em um ataque contra seu palácio, mas permanecerá em Riad por enquanto, afirmou uma fonte do governo iemenita neste sábado.

REUTERS

06 de agosto de 2011 | 16h11

Quando deixar o hospital, Saleh deve ser levado para uma acomodação do governo saudita na capital do país, disse a fonte à Reuters.

O primeiro-ministro de Saleh, Ali Mohammed Megawar, ferido no mesmo ataque, deixou o hospital e foi levado a uma acomodação semelhante mais cedo neste sábado, disse a fonte.

Saleh foi forçado a buscar tratamento na Arábia Saudita no mês passado depois do ataque contra seu palácio, em meio a semanas de combate com um poderoso grupo tribal que deixou parte da capital iemenita Sanaa em ruínas.

Quase seis meses de protestos exigindo sua saída levaram o país mais pobre do mundo árabe à beira de uma guerra civil.

(Reportagem de Mohamed Sudam)

Tudo o que sabemos sobre:
IEMENSALEHALTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.