Presidente do Iêmen promete seguir plano de transição

O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, assegurou hoje que tem a intenção de finalmente deixar o cargo como parte de um plano de transição, informa a agência de notícias Reuters. Saleh já fez a mesma promessa em três ocasiões anteriores, depois de assinar um plano de transição mediado por outros países do Golfo Pérsico, para depois recuar na última hora.

AE, Agência Estado

05 de novembro de 2011 | 18h53

"Nós manifestamos nossa intenção de continuar a apoiar os esforços do vice-presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi para concluir o diálogo com a oposição e implementar iniciativa do Golfo para que se possa chegar a uma transição legítima, pacífica e democrática e à realização de eleições presidenciais", disse Saleh em discurso divulgado pela agência estatal de notícias Saba. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmenpresidentetransição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.