Presidente do Irã acusa EUA e Grã-Bretanha por atentado

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, acusou os EUA e o Reino Unido por dois atentados a bomba que mataram pelo menos nove pessoas na cidade iraniana de Ahvaz. "Sinais dos que ocupam o Iraque são evidentes nos eventos de Ahvaz. Eles devem assumir responsabilidade quanto a isso", disse o presidente, de acordo com a televisão estatal.A TV informa que Ahmadinejad baixou um decreto ordenando que os ministérios de Relações Exteriores e de Inteligência investiguem a possibilidade de "mãos estrangeiras" estarem por trás das explosões.Pelo menos nove pessoas foram mortas nas duas detonações em Ahvaz, capital da província de Khuzestan, rica em petróleo e que faz fronteira com o Iraque. Quarenta e seis pessoas ficaram feridas nas explosões, dentro de um banco e do lado de fora de uma agência de proteção ambiental.A cidade tem uma história de distúrbios envolvendo a minoria árabe da população. O Irã já acusou a Grã-Bretanha, repetidas vezes, de alimentar o descontentamento na área. O governo britânico nega.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.