Presidente do Irã é internado com dor nas costas

O presidente do Irã, Mohammad Khatami,foi hospitalizado hoje, com fortes dores nas costas,forçando o cancelamento de uma reunião de gabinete de emergênciaque discutiria a crise sobre as eleições parlamentares. Maiscedo, Khatami havia indicado que seu governo não participaria dopleito de 20 fevereiro diante das condições impostas peloConselho dos Gardiães. Segundo a agência de notícias Kar, o Ministério do Interioriraniano pretende cancelar as eleições. O ministro Mussavi Lariafirmou que "a impugnação das candidaturas de reformistas nãofoi reconsiderada pelo Conselho de Guardiães (órgão de linhadura que rejeitou 3.500 candidatos) e portanto essas eleiçõessão ilegítimas". Os meios oficiais iranianos, porém, nãoconfirmaram o cancelamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.