Presidente do Líbano alerta sobre confronto geral

O presidente do Líbano, Emile Lahoud, declarou nesta segunda-feira, que o ataque aéreo israelense contra forças militares sírias no Líbano pode causar um "confronto geral". Após o ataque, ocorrido na madrugada de hoje, o exército israelense tomou medidas de precaução ao longo da fronteira internacional e das linhas de cessar fogo pela possibilidade de os Hezbolá (xiitas libaneses) lançarem ataques em respostas às investidas aéreas. O ataque ameaça também o encontro que deveria acontecer hoje, em Israel, entre o ministro das Relações Exteriores de Anmán, Addel Ilah Jatib, com o líder israelense Ariel Sharon. "A Jordânia, que preside a cúpula árabe, estudará a possibilidade de cancelar o encontro e tomará a decisão propícia levando em conta as circunstâncias presentes", declarou um dos responsáveis pela reunião. No encontro, Jatib e Sharon discutiriam sobre o fim da violência nos territórios palestinos.Leia Também: Israel ataca base síria no Líbano e mata 2 soldados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.