Presidente do México pede 'unidade e compromisso'

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, celebrou o Cinco de Mayo ao pediu que seus compatriotas enfrentassem os problemas atuais com a mesma "unidade e compromisso" com que derrotaram os franceses há 151 anos.

AE, Agência Estado

06 de maio de 2013 | 00h52

Enrique Peña Nieto disse que esta data celebra princípios que, em suas palavras, "encorajam as forças políticas e o governo federal a buscarem uma agenda de reformas de transformação que o país demanda e necessita".

O Cinco de Mayo marca a Batalha de Puebla ocorrida em 1862, quando as tropas mexicanas derrotaram um exército francês de Napoleão III, então considerado o militar mais poderoso em todo o mundo.

A data foi comemorada no domingo com um desfile militar na cidade de Puebla, onde a batalha ocorreu. Esta é considerada uma das maiores datas comemorativas nos EUA, uma vez que celebra a herança mexicana com desfiles e festas em muitas grandes cidades. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
méxicocinco de mayo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.