Sang Tan/AP
Sang Tan/AP

Presidente do Paquistão pode ter sofrido uma pequena apoplexia

Líder deve ficar em observação por duas semanas antes de regressar ao país

AP,

13 de dezembro de 2011 | 11h10

 ISLAMABAD - Um colaborador próximo ao presidente do Paquistão, Asif Alí Zardari, assegura que o líder de 56 anos sofreu uma pequena apoplexia nesta terça-feira, 13, e que está hospitalizado em Dubai. Ele deve ficar em observação por duas semanas antes de regressar ao país.

O informante, que não quis se identificar, disse que o diagnóstico foi formulado pelos médios pessoais do mandatário. Uma 'pequena apoplexia' ocorre quando os vasos sanguíneos que regam parte do cérebro ficam sem funcionar por pouco tempo, causando sintomas de uma apoplexia mas sem efeitos de longa duração.

A viagem de Zardari a Dubai na semana passada levantou suspeitas de que o presidente estaria perdendo poder, algo que foi negado pelo governo. Inicialmente, as autoridades afirmaram que Zardari viajou a Dubai para fazer exames médicos de rotina. Em seguida, disseram que o presidente estaria fazendo um tratamento para uma doença cardíaca.

As dúvidas sobre o futuro de Zardari foram levantadas justo no momento em que as relações do Paquistão com os Estados Unidos se deterioram, após os bombardeios da Otan no mês passado que mataram 24 soldados paquistaneses. A instabilidade em volta do líder paquistanês poderia agravar ainda mais essa situação.

 

As informações são da Associated Press.

 
Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUAZardari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.