Presidente do Sudão deixa a Nigéria

O presidente do Sudão, Omar al-Bashir, deixou a Nigéria depois de pedidos pela sua prisão sob acusações de crimes de guerra, afirmou o porta-voz Mohammed Moiz, da embaixada nesta terça-feira. Contudo o representante negou que a saída de Omar al-Bashir estivesse relacionada às polêmicas exigências.

AE, Agência Estado

16 de julho de 2013 | 09h49

"Ele partiu [segunda-feira] à tarde", afirmou Mohammed Moiz, porta-voz da embaixada do Sudão na Nigéria, à AFP. Ele negou que Bashir tivesse saído do país devido aos pedidos pela sua prisão, alegando que o presidente tinha outro compromisso. A autoridade estava participando de uma cúpula. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
sudãonigéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.