Presidente do Uruguai cancela viagem à Espanha

O presidente do Uruguai, José Mujica, cancelou sua viagem à Cúpula Ibero-Americana na Espanha, pois seus médicos sugeriram que ele ficasse na cama depois que um coágulo de sangue foi encontrado na sua perna direita. A XXII Cúpula, que começa amanhã em Cádiz, na Andaluzia, já não contará com as presenças dos presidentes do Paraguai, Argentina, Venezuela, Cuba e Guatemala, que por motivos diversos decidiram não ir a Cádiz.

AE, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 15h09

O presidente uruguaio de 77 anos afirmou que o coágulo foi identificado em um ultrassonografia e, seguindo as indicações médicas, deveria descansar em casa por dois ou três dias tomando o remédio anticoagulante.

Mujica anunciou sua condição de saúde nesta quinta-feira durante uma entrevista de rádio. O presidente confirmou que não vai viajar para evitar o risco de uma trombose, quando o coágulo se solta da veia da perna e sobe ao coração, podendo levar a morte.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.