Presidente é baleado por soldado da escolta

O presidente da Mauritânia, Mohammed Ould Abdel Aziz, foi baleado acidentalmente em um braço e na barriga, na noite de sábado, por um soldado que fazia parte de sua escolta em uma viagem. Ontem, Aziz apareceu na TV estatal para tranquilizar a população, após ter sido levado para a França, onde foi submetido a uma cirurgia para retirada das balas. "Quero reassegurar a todos sobre meu estado após um incidente ocorrido após um erro de uma unidade do Exército em uma rua perto de Touela", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.