Presidente eleito toma posse e promete diálogo

O centro-esquerdista Luis Guillermo Solís tomou posse ontem como presidente da Costa Rica, em cerimônia no Estádio Nacional. Solís substitui Laura Chinchilla. Em seu discurso, ele prometeu combater a desigualdade social, a corrupção e abrir um diálogo com todos os setores do país. Até pouco tempo desconhecido na Costa Rica, o acadêmico e político chega ao poder tendo obtido 78% dos votos no segundo turno. Vários líderes latino-americanos estiveram presentes na posse.

O Estado de S.Paulo

09 Maio 2014 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.