Presidente eleito toma posse no Afeganistão

Hamid Karzai foi empossado nesta terça-feira como o primeiro presidente democraticamente eleito no Afeganistão. O país, que ainda enfrenta ameaças de terrorismo e problemas com o tráfico de drogas, tenta defender a recente democracia.Em seu primeiro discurso como presidente, Karzai disse esperar que os afegãos possam dirigi-lo no que será um duro mandato de 5 anos. Ele também reiterou suas principais promessas: interromper o crescente comércio de ópio, desarmar milicianos e melhorar o padrão de vida.A posseKarzai foi ovacionado quando chegou à cerimônia solene. O vice-presidente americano, Dick Cheney, estava entre os 600 convidados para a posse, que reuniu 150 representantes de países estrangeiros."Nós deixamos um duro e negro passado para trás e hoje estamos abrindo um novo capítulo em nossa história, de amizade com a comunidade internacional", disse, em Pashto e em Dari, as duas principais línguas faladas no Afeganistão.O novo presidente afirmou que a luta contra o terrorismo não terminou e que o país precisa de ajuda e cooperação para derrotar a crescente ligação entre grupos extremistas e o tráfico de drogas.Depois de escutar o hino nacional no hall restaurado do palácio real, Karzai repetiu o juramento lido pelo chefe de Justiça, Fazl Hadi Shinwari.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.