Presidente finlandesa ratifica envio de 250 soldados ao Líbano

A presidente da Finlândia, Tarja Halonen, ratificou nesta sexta-feira o envio de 250 soldados finlandeses ao sul do Líbano para participar da missão internacional das Nações Unidas.O Parlamento finlandês aprovou na quinta, por unanimidade, o envio das tropas finlandesas a pedido do governo, embora ainda fosse necessário o sinal verde da chefe de Estado.O contingente finlandês, que permanecerá no Líbano até o fim de 2007, será formado por um batalhão composto por engenheiros especialistas em reconstrução e soldados de infantaria.Segundo os planos do governo, no início de outubro uma força de reconhecimento e preparação viajará ao Líbano, enquanto o grosso do contingente se posicionará em novembro. Os custos da missão são calculados em mais de 46 milhões de euros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.