Presidente ganha tempo em meio à crise

O presidente italiano, Giorgio Napolitano, disse que estudará por mais alguns dias uma saída para a crise política criada após a renúncia do premiê Romano Prodi, que perdeu o apoio do Senado. O líder de centro-esquerda Walter Veltroni pediu que seja formado um governo interino e só ocorram eleições em 2009. O conservador Silvio Berlusconi quer eleições já.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.