Arquivo
Arquivo

Presidente Morsi retorna ao palácio depois de protestos

Opositores protestaram exigindo que o líder islamita rescindisse os decretos por meio dos quais ampliou os próprios poderes

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2012 | 11h57

CAIRO - O presidente do Egito, Mohamed Morsi, retornou ao palácio do governo no Cairo nesta quarta-feira, 5, enquanto centenas de manifestantes ainda acampavam do lado de fora do edifício.

Ontem, opositores do governante exigiram durante protesto que o líder islamita rescindisse os decretos por meio dos quais outorgou-se mais poderes e praticamente colocou a presidência, o Parlamento e um Painel Constituinte fora do alcance do Poder Judiciário.

Um oficial do governo, que preferiu não se identificar, disse que Mohamed Morsi já retornou ao trabalho no palácio de Ithadiya. Cerca de 300 opositores do governo ainda estão acampando em frente ao edifício presidencial.

Os decretos do presidente e a adoção de um projeto de constituição pelos seus aliados levaram o Egito à pior crise política desde a queda de Hosni Mubarak há dois anos.

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.