Presidente nigeriano anuncia no Facebook candidatura à reeleição

O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, declarou nesta quarta-feira, no site de relacionamentos Facebook, sua intenção de concorrer às eleições de janeiro, em uma aparente tentativa de desviar as atenções da campanha de seus principais rivais.

NICK TATTERSALL E CHIJIOKE OHUOCHA, REUTERS

15 de setembro de 2010 | 09h14

O comunicado apareceu na página de Jonathan no Facebook, anunciando sua intenção de concorrer, no momento em que milhares de pessoas se reuniam em uma praça na capital do país, Abuja, para o lançamento da campanha de seu rival, o ex-líder militar Ibrahim Babangida.

"Hoje eu confirmo que depois de amplas e rigorosas consultas... Eu, Goodluck Ebele Jonathan, pela graça de Deus, por meio deste ofereço meus serviços ao povo nigeriano como candidato para o cargo de presidente nas próximas eleições de 2011", disse o comunicado na página de Jonathan no Facebook.

Segundo o texto, ele fará uma declaração formal em Abuja, no sábado, sobre sua intenção de concorrer à liderança da nação mais populosa da África.

Sua candidatura é controversa por causa de um acordo do governista Partido Democrático do Povo (PDP), pelo qual o poder deveria ser alternado entre o norte, de maioria muçulmana, e o sul, predominantemente cristão, a cada dois mandatos.

A decisão de Jonathan de anunciar suas intenções no Facebook é uma surpresa. A maioria da população da Nigéria -- país de 150 milhões de habitantes -- vive com renda de até 2 dólares por dia e tem acesso limitado à água limpa e à eletricidade.

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAELEICOESFACEBOOK*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.