Presidente nigeriano deixou hospital, diz partido

Yar'Adua está há dois meses fora de seu país, que voltou a registrar conflitos religiosos recentemente

Associated Press,

20 de janeiro de 2010 | 19h11

O presidente nigeriano Umaru Yar'Adua recebeu alta de um hospital saudita após dois meses de internação, segundo o partido do mandatário.

 

Veja também:

linkNúmero de mortos em conflitos na Nigéria pode chegar a 460

 

O Partido Popular Democrata informou por meio de um comunicado nesta quarta-feira, 19, que o presidente irá retornar à Nigéria em breve. No entanto, o partido não apontou uma data para sua volta.

 

Yar'Adua deixou seu país em 23 novembro para se tratar de uma pericardite aguda (inflamação dos tecidos do coração), segundo informações oficiais.

 

Desde o último domingo, a Nigéria voltou a registrar conflitos violentos entre cristãos muçulmanos que já podem ter causado 460 mortos, segundo funcionários de uma mesquita e de uma organização de direitos humanos.

 

Nesta terça, grupos religiosos se enfrentaram na cidade de Jos, no centro do país, fazendo com que autoridades de segurança declarassem estado de sítio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.