Presidente perde votação na maior cidade do Equador

Com 98,59% dos votos do referendo de domingo no Equador apurados, o "sim" à nova Constituição obtinha ontem 64% da preferência, enquanto o "não" tinha 28%. O "sim" venceu em todas as províncias, com exceção de Napo, no centro-norte. Apesar do triunfo na Província de Guayas, na maior cidade do país, Guayaquil, a oposição obteve sua maior vitória - o "não" recebeu quase 47% dos votos, enquanto o "sim" obteve 45%. "A vitória em seu reduto consolida o prefeito Jaime Nebot como o líder da oposição a Correa", disse ao ?Estado? Javier Jiménez, analista político da Universidade Central. "A votação o torna o único membro da oposição com cacife político para confrontar o governo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.