Presidente rejeita ultimato para renunciar

O governo do atual presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, rejeitou um pedido de três presidentes africanos para que renunciasse ao poder. Boni Yayi, do Benin, Ernest Bai Korom, de Serra Leoa, e Pedro Pires, de Cabo Verde, tentaram convencer Gbagbo a admitir a derrota nas eleições e entregar o poder para o candidato opositor Alassane Quattara, reconhecido pela comunidade internacional como vencedor. A crise política matou mais de 170 pessoas desde o mês passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.