Presidente russo anuncia retirada das tropas na Geórgia

A Rússia vai retirar as tropas enviadas na última sexta-feira à Geórgia, anunciou hoje em Moscou o presidente russo, Dmitry Medvedev. Em entrevista coletiva conjunta concedida ao lado do presidente da França, Nicolas Sarkozy, Medvedev informou também que Moscou e Paris concordam com a necessidade de uma negociação internacional sobre o futuro status da Ossétia do Sul e de Abkházia, duas províncias separatistas pró-Moscou da Geórgia.Medvedev explicou que os dois se reuniram hoje em Moscou e definiram seis pontos cruciais para a solução do conflito, entre eles um "debate internacional" sobre a situação na Ossétia do Sul e na Abkházia. Mais cedo, Medvedev disse a Sarkozy que a Geórgia deveria retirar suas tropas das duas províncias e prometer não voltar a recorrer ao uso da força para que o conflito tenha uma solução definitiva.Sarkozy, por sua vez, disse considerar "perfeitamente normal" que Moscou defenda cidadãos russos além de suas fronteiras, mas observou que a integridade territorial da Geórgia "deve ser respeitada".Pouco antes, em Tbilisi, o presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, anunciou que seu governo declarará as duas províncias separatistas "territórios ocupados". As informações são da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

12 de agosto de 2008 | 12h11

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaGeórgiaMedvedevSarkozy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.