Presidente sérvio começa consultas para formação de governo

O presidente da Sérvia, Boris Tadic, anunciou que começará nesta segunda-feira as consultas para a formação do futuro governo, após as eleições nas quais os partidos reformistas pró-europeus conseguiram manter a maioria no Parlamento.Tadic adiantou que seu Partido Democrático (DS) reivindicará o posto de primeiro-ministro, por ter sido o mais votado entre as formações do bloco reformista.Disse também esperar que "os demais partidos de orientação democrática e pró-européia que querem que a Sérvia entre o mais rápido possível na União Européia (UE) entrem nas negociações com plena responsabilidade".Também indicou que o governo deve ser formado "o mais rápido possível", embora os analistas acreditem em longas e difíceis negociações, dadas as divergências entre os partidos reformistas."É necessário formar o governo o mais breve possível para aproveitar o tempo político que está diante de nós. Não temos tempo para esperar", afirmou Tadic em entrevista na sede de seu partido.Os primeiros resultados das eleições mostraram uma vitória relativa do ultranacionalista Partido Radical Sérvio (SRS), que segundo dados da Comissão Eleitoral (RIK) obteve 28,3% dos votos, após uma apuração de 62% das urnas.O DS, de Tadic, conseguiu 22,7% e o também reformista Partido Democrático da Sérvia (DSS), do primeiro-ministro em fim de mandato, Vojislav Kostunica, 16,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.