Presidente sul-coreano viaja a Pequim para abordar crise nuclear

O presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun, partiu hoje rumo a Pequim para realizar uma reunião com seu homólogo chinês, Hu Jintao, no meio da crise desatada pelo teste nuclear realizado pelo regime norte-coreano na segunda-feira passada.O alerta continua nos países vizinhos da Coréia do Norte, concretamente na Coréia do Sul e Japão, devido à possibilidade que Pyongyang faça um segundo teste atômico.Segundo fontes de Seul, os líderes chinês e sul-coreano centrarão seu encontro em abordar a polêmica nuclear norte-coreana e tratarão das sanções que serão adotadas contra a Coréia do Norte.Esta cúpula bilateral acontece após uma forte tensão internacional gerada por causa do desafio de Pyongyang, e no meio da tentativa de se adotar sanções pelo Conselho de Segurança da ONU.Roh se reunirá também com o primeiro-ministro Wen Jiabao. Após este encontro deve retornar a Seul nesta mesma tarde.Esta viagem será a primeira visita oficial de um presidente sul-coreano à China desde que os dois países estabeleceram relações diplomáticas em 1992, e será a terceira reunião bilateral entre os dois líderes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.