Presidente volta atrás e não assina renúncia

O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh (foto), voltou atrás e se recusou ontem a assinar o acordo de transição. Assim, ele permanece no cargo e adia uma solução definitiva para a crise iemenita. Após o anúncio de Saleh, o conselho que reúne países do Golfo Pérsico suspendeu seus esforços de mediação. É a terceira vez que Saleh frustra a oposição e desiste de assinar o acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.