Presidentes afegão e paquistanês vão lutar contra terrorismo

O presidente afegão, Hamid Karzai, e o presidente paquistanês, o general Pervez Musharraf, concordaram nesta segunda-feira, 30, em lutar contra o terrorismo e negar qualquer tipo de apoio aos terroristas em ambos os países.Karzai e Musharraf, que freqüentemente culpam um ao outro por não fazer o suficiente para cessar um Taleban que ressurge, assinaram um pronunciamento conjunto após uma reunião no palácio presidencial da Turquia."Os dois presidentes concordaram em negar a proteção, treinamento e financiamento de terroristas e elementos envolvidos em atividades subversivas e contrárias ao Estado nos dois países e em iniciar imediatamente uma ação específicas de inteligência nesse quesito", disseram os líderes.Karzai e Musharraf também reiteraram o comprometimento em continuar apoiando a luta à todas formas de "extremismo e terrorismo sob ação coordenada".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.