REUTERS/Esam Omran Al-Fetori
REUTERS/Esam Omran Al-Fetori

Presidentes da Turquia e Tunísia se reúnem para discutir conflito na Líbia

País vive onda de violência e confrontos políticos que se sucedem desde a derrubada do ditador Moammar Gadhafi, em 2011

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de dezembro de 2019 | 11h26

ISTAMBUL - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, reuniu-se nesta quarta-feira, 25, com o presidente da Tunísia, Kais Saied, para discutir o conflito da Líbia. Ainda não há informações se algo foi decidido no encontro.

Erdogan apoia o governo do primeiro-ministro Fayez Sarraj, que controla a capital, Trípoli, e a parte oeste do país. Sarraj também é apoiado pelos líderes da Itália e do Catar. Já o "governo oriental" é reconhecido por França, Rússia, Jordânia, Emirados Árabes Unidos e outros países.

A Líbia vive uma onda de violência e uma série de confrontos políticos que se sucedem desde a derrubada do ditador Moammar Gadhafi, em 2011. O presidente da Turquia já sinalizou que avalia enviar soldados à região. /Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.