Preso ator pornô que esquartejou chinês no Canadá

O ator pornô canadense Luka Rocco Magnotta, acusado de ter esquartejado um estudante chinês e enviado partes do corpo a políticos locais, foi preso ontem em um cibercafé em Berlim. Ele estava em fuga havia dois dias. Antes da capital alemã, escondeu-se em Paris.

BERLIM, O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2012 | 03h06

"Vocês me pegaram", disse o suspeito ao ser preso. Testemunhas disseram que ele não reagiu. Um porta-voz da polícia confirmou a identidade de Magnotta. O estudante chinês foi esquartejado na noite do dia 24.

Um vídeo do assassinato, acompanhado da trilha sonora do filme Psicopata Americano, foi postado na internet. De acordo com as investigações, a vítima e o suspeito mantinham um relacionamento amoroso. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.