Preso falsário que dizia ter encontrado urna de São Tiago

A polícia israelense prendeu Oded Golan, sob a acusação de falsificar antigüidades. Golan ficou mundialmente famoso quando anunciou ter encontrado uma urna funerária com a inscrição "Tiago, irmão de Jesus". Ele foi levado ao tribunal, onde a polícia apresentou evidências, como material utilizado para falsificar objetos ligados a Tiago e ao Grande Templo. Golan tentou vender o suposto ossário de Tiago a um colecionador francês no ano passado, o que despertou a suspeita das autoridades. Golan deverá ficar detido por pelo menos quatro dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.