Preso ladrão que invadiu casa onde morava Steve Jobs

A residência onde morava o falecido cofundador da Apple, Steve Jobs, foi assaltada no mês passado, informaram hoje autoridades locais. Computadores e itens avaliados em mais de US$ 60.000 foram levados, segundo a polícia californiana.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 11h42

O jornal local San Jose Mercury News, informou que um suspeito identificado como Kariem McFarlin, de 35 anos, foi preso dias depois do assalto.

McFarlin foi indiciado pelo assalto à residência e por venda de itens roubados. A justiça estipulou a fiança em US$ 500.000. Uma audiência foi marcada para o dia 20.

Tom Flattery, promotor do condado de Santa Clara, não revelou se os itens roubados pertenciam ao próprio Jobs ou a outro membro da família.

O assalto ocorreu em 17 de julho, mas a notícia só veio à tona hoje. Steve Jobs faleceu no ano passado, aos 56 anos.

Flattery disse considerar muito provável que o suspeito não estivesse ciente de onde estava entrando para assaltar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUASteve Jobscasaassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.