Jairo A. Mejía/Efe
Jairo A. Mejía/Efe

Preso morre na base americana de Guantánamo

Homem é o oitavo prisioneiro a morrer desde que a unidade foi aberta, em 2002

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2012 | 14h57

SAN JUAN - Os militares dos Estados Unidos disseram que mais um prisioneiro morreu na prisão norte-americana da base naval da Guantánamo, em Cuba. Um porta-voz da Marinha dos EUA, o capitão Robert Durand, disse que o governo está notificando a família e o país de origem do detento.

Veja também:

link Egito pede aos EUA que libertem último egípcio em Guantánamo

link Autor de ataque na Bulgária esteve em Guantánamo, diz imprensa local

Segundo ele, os militares iniciaram uma investigação sobre a causa da morte. O nome e a nacionalidade do prisioneiro não foram divulgados.

Segundo um comunicado dos militares, o homem foi encontrado inconsciente dentro da prisão no sábado. Ele foi levado a um hospital militar para tratamento e declarado morto por um médico.

É o oitavo prisioneiro que morre na prisão de Guantánamo desde que a unidade foi aberta em janeiro de 2002. Os militares dos EUA afirmam que, dos oito mortos, dois morreram de causas naturais enquanto seis cometeram suicídio.

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.