Preso nos Emirados Árabes importante membro da Al Qaeda

Qari Saifullah Akhtar, um importante membro da rede terrorista Al Qaeda, comandada pelo milionário saudita Osama Bin Laden, foi preso hoje nos Emirados Árabes Unidos e enviado para o Paquistão, onde será interrogado. Ele é acusado treinar milícias para combate no Afeganistão. Akhtar havia desaparecido horas antes de os Estados Unidos bombardearem o país em 2001. O vôo para Lahore, no Paquistão, foi feito sob sigilo, informou um oficial da inteligência paquistanesa que não quis se identificar. Cerca de 20 supostos integrantes da Al Qaeda foram presos no país em menos de um mês - incluindo um importante líder procurado pelas autoridades americanas. Akhtar dirigia um grande campo de treinamento em Rishkhor, no Afeganistão. O complexo - com capacidade para abrigar 3500 homens - era freqüentemente visitados por Bin Laden e pelo então líder do Talebã, Mullah Mohammed Omar. Os milicianos aprendiam técnicas de combate que incluíam assassinatos e seqüestros.Em Washington, a secretaria de combate ao terrorismo da Casa Branca afirmou que a captura de Akhtar é significativa, já que ele estaria envolvido nas duas tentativas de assassinar o presidente paquistanês, Gen. Pervez Musharraf, em dezembro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.