Preso possível mentor dos ataques suicidas em Riad

A Arábia Saudita deteve o principal suspeito de idealizar os atentados suicidas do último dia 12 em Riad, onde 34 pessoas morreram, informou a imprensa local. Abdel Rahmanal-Faqaasy al-Ghamdy foi preso ontem em um café da cidade de Medina junto a outros dois homens supostamente membros da rede terrorista Al-Qaeda. Os atentados, atribuídos à Al-Qaeda pelo governo saudita, aconteceram em três conjuntos residenciais ocupados por ocidentais e sauditas-americanos. O país prendeu cerca de 100 pessoas suspeitas de ajudarem nos atentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.