Preso suspeito de abuso sexual no caso Savile

O ex-cantor britânico Gary Glitter, de 68 anos, foi preso ontem sob suspeita de envolvimento no caso de abuso sexual contra adolescentes cometido pelo apresentador da BBC Jimmy Savile, que morreu no ano passado. A prisão amplia o escândalo que já manchou a reputação da BBC, emissora com fundos públicos, e o legado de Savile, ex-DJ que se tornou um dos apresentadores mais famosos da televisão britânica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.