Preso suspeito de envenenamento em massa na China

A polícia prendeu um homem suspeito de ter colocado veneno para rato em alimentos de uma lanchonete que mataram 38 pessoas na cidade oriental chinesa de Nanjing. O homem foi pego na manhã de domingo a bordo de um trem em Zhengzhou, uma cidade a cerca de 600 quilômetros a noroeste de Nanjing.O suspeito, Chen Zhengping, espalhou deliberadamente o veneno "por ressentimento em relação a uma disputa comercial", sem entrar em detalhes. Chen foi preso no domingo e levado de volta para Nanjing para interrogatórios.O envenenamento de sábado afetou cerca de 300 pessoas. As autoridades têm controlado estritamente informações sobre o envenenamento, incluindo o número de mortos. Seis vítimas continuam em tratamento intensivo.O jornal Wen Wei Po, de Hong Kong, que tem vínculos estreitos com autoridades chinesas, escreveu que Chen era sobrinho do proprietário da lanchonete e tinha um estabelecimento competidor. Ele envenenou a comida por ciúme do sucesso do tio, segundo o jornal.O site do Diário do Povo, do Partido Comunista, divulgara anteriormente que 49 pessoas haviam morrido, a maioria estudantes. Duas eram soldados de uma instalação militar próxima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.