Preso suspeito de fazer ameaças com antraz pelo correio

Policiais norte-americanos prenderam Clayton Lee Waagner, suspeito de ter enviado cartas com ameaças de contaminação com a bactéria antraz a clinicas de aborto.Segundo a TV MSNBC, Waagner foi preso em uma loja de fotocópias em Springdale, subúrbio de Cincinnati (Ohio), depois de ser reconhecido por um funcionário.Waagner é acusado de ter enviado a clínicas de aborto mais de 550 cartas com pó branco ou ameaças. Ele havia fugido de uma prisão em Illinois em fevereiro e estava na lista dos dez mais procurados pelo FBI.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.