Presos 13 operários de mina por deslizamento na China

Autoridades detiveram hoje 13 funcionários da companhia de mineração Tashan cujo depósito de lixo teria provocado um deslizamento de terra ocorrido na segunda-feira na China. O presidente da empresa e o dono da mina estão entre os detidos. O deslizamento devastou um povoado e provocou a morte de pelo menos 178 pessoas. Outras 36 ficaram feridas. Equipes de resgate continuam trabalhando na remoção dos escombros, mas a esperança de que sobreviventes sejam encontrados já é praticamente nula.Numa questão de minutos, uma torrente de lama e lixo desceu por um vale em Xiangfen, na província chinesa de Shanxi, inundando um povoado e um mercado onde havia centenas de pessoas no momento do desastre.O lixo da mina espalhou-se por uma área de 30 hectares, equivalente a 45 campos de futebol. O deslizamento aparentemente ocorreu depois que um muro onde estavam encostados diversos contêineres de dejetos líquidos desabou. De acordo com a agência de notícias Nova China, as equipes de resgate já vasculharam 90% da área afetada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.