Presos 6 suspeitos de plano para derrubar governo turco

A polícia deteve quatro militares e dois civis durante as investigações de um suposto plano para derrubar o governo turco de raízes islâmicas, segundo reportagens de emissoras de televisão. Os relatos afirmam ainda que foi descoberto um novo esconderijo de armas durante as investigações. As emissoras NTV e CNN turca, citando a polícia, afirmaram que as autoridades descobriram granadas e foguetes em Istambul, em uma área supostamente usada pelos militares.

AE-AP, Agencia Estado

22 de abril de 2009 | 11h21

As autoridades detiveram os seis suspeitos hoje. Ainda não houve comentário oficial sobre novas prisões. Já foram acusadas mais de 200 pessoas, incluindo dezenas de militares, vários políticos, jornalistas e policiais durante a investigação. O caso é visto como uma disputa de poder entre a administração do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan e as elite secular, apoiada pelos militares.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiagolpeprisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.