Presos 7 guerrilheiros seqüestradores nas Filipinas

Sete guerrilheiros militantes do Abu Sayyaf estavam entre as mais de 40 pessoas detidas em uma ampla operação contra o grupo extremista muçulmano que mantém reféns no sul das Filipinas, informaram hoje fontes do governo. A presidente filipina, Glória Macapagal Arroyo, ordenou a ação na sexta-feira como complemento a uma ofensiva militar contra os rebeldes do Abu Sayyaf.O chefe do Comando Sul do Exército das Filipinas, tenente-general Gregorio Camiling, disse que três dos sete líderes detidos do Abu Sayyaf foram capturados na província de Basilan, onde milhares de soldados procuram pelos rebeldes e seus reféns. Os outros foram detidos na ilha de Jolo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.