Presos ganham acesso a redes sociais nos EUA

Detentos da prisão de San Quentin, nos Estados Unidos, foram autorizados a enviar mensagens e a interagir em redes sociais como o Twitter e o Quora. As mensagens são filtradas por equipes de voluntários e enviadas em nome dos detentos às redes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.