Presos suspeitos de complô contra o premiê turco

A polícia turca deteve cinco suspeitos de planejarem um atentado contra o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, informou hoje a agência estatal de notícias Anatólia. De acordo com o despacho, os cinco suspeitos foram detidos em Adana, no sul da Turquia, pouco antes de uma visita de Erdogan à cidade para um ato de campanha eleitoral.Os suspeitos, entre os quais uma mulher, foram interrogados pelo departamento de contraterrorismo da polícia turca e a expectativa é de que sejam indiciados pelo complô. No despacho, a Anatólia não menciona suas fontes. A polícia de Adana não se pronunciou sobre o episódio. Não há mais detalhes disponíveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.