Pressionado, Bashar al-Assad diz que governo é capaz de lidar com conflitos

Em entrevista a um canal de televisão local, ele disse que a solução para o problema é político

Estadao.com.br,

21 de agosto de 2011 | 15h48

O presidente da Síria, Bashar al-Assad concedeu entrevista, neste domingo, a um canal de televisão local . Para ele, a solução do problema no país é político e deve ser resolvido nos próximos meses.

 

Assad disse ainda que o governo é capaz de lidar com os conflitos e que a agitação promoveu o crescimento do número de militantes. "A segurança é importante, mas o problema tem a solução na política", disse.

 

A entrevista ocorre depois que os países ocidentais, com Estados Unidos e União Europeia à frente, pediram a renúncia de Assad devido à sangrenta repressão da revolta popular iniciada em meados de março, que deixou mais de 2 mil mortos.

 

Além disso, Estados Unidos e UE anunciaram esta semana novas sanções contra o regime sírio como forma de pressionar o dirigente a renunciar o poder.

Tudo o que sabemos sobre:
Síria, Bashar al-Assad, renúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.