PRI elege governador em estado-chave do México

O PRI , partido que o presidente Vicente Fox derrotou em 2000 após quase 60 anos de hegemonia no México, voltou ao poder num Estado-chave nas eleições de domingo, ao sair vencedor em Nuevo León. Natividad González, do Partido Revolucionário Institucional, ganhou a disputa eleitoral no Estado que faz fronteira com o Texas e é o mais rico e industrializado do país. Nos últimos seis anos, Nuevo León vinha sendo governado pelo conservador PAN, de Fox Havia, por outro lado, indícios de que o governante Partido Ação Nacional deverá vencer nos Estados de San Luis de Potosí e de Sonora, no centro do país. ?Foi uma grande vitória, um triunfo histórico?, disse Natividad perante centenas de seus simpatizantes em Monterrey, capital de Nuevo León, ao ver confirmada sua vitória sobre seu adversário do PAN, o milionário Mauricio Fernández. Com quase a totalidade dos votos contados, González tinha cerca de 56% dos sufrágios contra cerca de 34% para Fernández. Por outro lado, em um dos melhores resultados para o Partido Ação Nacional, seu candidato, Marcelo de los Santos, obteve 44% da votação para governador em San Luis de Potosí, no centro-norte mexicano; e no pequeno Estado central de Queretaro Francisco Garrido, também do PAN, venceu as eleições e deverá continuar no cargo. Segundo dados extra-oficiais divulgados pela rede Televisa, o PRI derrotou o Partido Ação Nacional (PAN), do presidente Vicente Fox, nas eleições legislativas federais.

Agencia Estado,

07 Julho 2003 | 10h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.