PRI fica perto de obter maioria no Congresso

O Partido Revolucionário Institucional (PRI) - junto com seus aliados do Partido Verde - ficou perto de conquistar a maioria absoluta nas duas casas do Congresso, após a eleição do dia 1º de julho.

AE, Agência Estado

09 de julho de 2012 | 16h24

A coalizão formada pelo PRI conquistou 241 dos 500 assentos da Câmara baixa do Congresso, de acordo com cálculos baseados nos resultados finais. A legenda pode facilmente chegar à maioria absoluta com o apoio do Partido Nova Aliança, uma sigla de tendência à direita e ex-parceiro de coalizão do PRI. O Nova Aliança obteve dez assentos.

Os resultados surpreendem, uma vez que era esperado que o PRI ficasse mais distante de uma maioria absoluta. O candidato da legenda, Enrique Peña Nieto, venceu a eleição presidencial, marcando retorno ao poder do partido que governou o país por 71 anos, até ser removido da residência oficial de Los Pinos, em 2000, pelo governante Partido da Ação Nacional (PAN).

No Senado, a coalizão do PRI obteve 62 dos 128 assentos. O PAN conquistou 38, a coalizão de esquerda, liderada pelo Partido da Revolução Democrática (PRD), ganhou 27 e o Nova Aliança obteve 1 assento. Com isso, o PRI vai precisar do apoio do PAN para aprovar as prometidas reformas estruturais, como a do setor de energia. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
MéxicoeleiçãoPRICongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.