Primeira-ministra sul-coreana renuncia para chefiar partido

A primeira-ministra sul-coreana, Han Myeong-sook, deixou nesta quarta-feira, 7, seu cargo para liderar o partido governamental Uri nas eleições de dezembro.A saída de Han já era prevista. O presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun, renunciou em fevereiro a militar no partido governamental.Han foi a primeira mulher a se tornar chefe do governo da Coréia do Sul, há 10 meses. O Uri, enfraquecido pela fuga de seus deputados, quer que ela desempenhe um papel importante na campanha eleitoral."A partir de agora vou meditar os passos que vou seguir", disse Han aos jornalistas, comentando as especulações de que ela pode disputar as eleições presidenciais previstas para 19 de dezembro.O presidente Roh deve nomear na quinta-feira, 8, um novo primeiro-ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.